A busca por uma pele jovem, bonita e com um aspecto saudável é o desejo de muitas pessoas, entretanto, para que isso seja alcançado, além do comprometimento individual de manter os cuidados básicos com a pele e com o estilo de vida, também é possível ter uma ajudinha de diversos produtos e tratamentos direcionados à pele como o peeling com ácidos.

Utilizar ácidos na pele? É isso mesmo?

Sim! Antigamente, os ácidos eram exclusividade de cremes e loções manipulados com prescrição médica, hoje eles já são mais conhecidos e até fazem parte da composição de diversos cosméticos, isso porque são eficientes e podem ser utilizados para diversas finalidades.

Há ácidos ótimos para clarear manchas, outros são excelentes na suavização de cicatrizes e tem aqueles que até combatem a acne, diminuem rugas e estrias. Porém, a única similaridade entre estes ácidos é o pH inferior a sete, que caracteriza as substâncias ácidas e a irritação que causam na pele, visto que as propriedades variam.

Ácido prescrito x Ácido utilizado em casa

A diferença entre os ácidos passados durante uma consulta com o dermatologista daqueles utilizados em casa, é a concentração. Geralmente os ácidos utilizados por conta própria possuem uma concentração menor. A forma de aplicação também muda.

Fique atento!

Antes de falarmos sobre os principais tipos de ácidos, é importante lembrar que os tratamentos de pele que utilizam estas substâncias realmente garantem resultados satisfatórios, mas o uso inadequado ou com alta concentração pode causar danos à pele, como queimaduras. Por isso, o ideal é ter uma orientação médica ou farmacêutica antes de optar por qualquer um destes ácidos.

Agora que você tem essa informação, que tal conhecer os principais ácidos, suas indicações e como eles atuam na pele?

Ferúlico

Trata-se de um ácido fenólico de baixa toxicidade, que possui boa absorção. Atua como antioxidante, reparador e protetor da pele, podendo ser usado de duas formas: passando na própria pele ou ingerindo em forma de cápsulas.

Retinoico

Dentre todos os compostos com a mesma finalidade, o Ácido Retinoico se destaca como um aliado no rejuvenescimento da pele, pois é facilmente absorvido pelas células, regulando assim a produção de novas células. Desta forma, após a rápida absorção, este ácido atua desobstruindo os poros e estimulando a produção de colágeno da pele.

Glicoico

O Ácido Glicoico ajuda no tratamento da acne e das manchas, estimulando também o colágeno da pele.

Salicílico

Este ácido é indicado para o tratamento, principalmente de peles oleosas ou que possuem predisposição à acne e inflamações, isso porque atua como um poderoso adstringente. Além disso, o Ácido Salicílico tem propriedades antimicrobianas e antifúngicas, que tratam infecções e evitam a contaminação.

Azelaico

Assim como o Ácido Salicílico, o Azelaico é muito utilizado para o tratamento da acne, principalmente por suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias. Mas esta substância também é despigmentante, ou seja, clareia manchas. Um dos seus diferenciais é que ele é seguro para uso em gestantes e lactantes, mas está disponível para o uso somente em fórmulas manipuladas prescritas pelo médico.

Alfa-hidroxiácidos

São ácidos carboxílicos, formados a partir de aminoácidos. Normalmente são encontrados na natureza, em plantas, animais e micro-organismos. Sua função na cosmiatria é hidratar e esfoliar a pele, tratando as acne, marcas de envelhecimento, estrias e manchas.

Fenol

O Fenol é um agente corrosivo que, associado a outras substâncias, gera uma mistura química que pode ser usada na pele sob orientação médica. Esta substância se associa às proteínas da pele, alterando sua estrutura, ou seja, desnaturando-as, o que a faz descamar, renovando-a.

Tricloroacético

Este ácido está sendo cada vez mais utilizado em tratamentos estéticos, principalmente de pele, pois a deixa mais viçosa e estimula eficientemente o colágeno.

Pirúvico

Este ácido é considerado um potente agente para o peeling químico, devido a sua rápida e profunda penetração na pele. Apresenta ação queratolítica, antimicrobiana e propriedades sebostáticas, bem como capacidade de estimular a produção de novos colágenos e formação de fibras elásticas.

Resorcina

Popularmente conhecido como Resorcinol, este composto de fórmula química C6H42 age controlando a acne, despigmentando manchas como sardas ou aquelas causadas pós-acne.

Dica da TAVE

Na TAVE você encontra produtos manipulados para a pele que contêm os mais diversos ácidos. Estas formulações podem estar presentes desde sabonetes até cremes para massagens. Além disso, você conta com um atendimento farmacêutico especializado para informar e orientar sobre a utilização de qualquer produto.

 

Referências

Livro “Cosmetologia Aplicada a Dermoestética” – Claudio Ribeiro 2ª Edição

Compare sete ácidos e escolha o melhor para a sua pele

https://www.minhavida.com.br/beleza/galerias/16942-compare-sete-acidos-e-escolha-o-melhor-para-a-sua-pele

Saiba como usar ácidos para tratar acne, manchas e rugas

https://mdemulher.abril.com.br/beleza/saiba-como-usar-acidos-para-tratar-acne-manchas-e-rugas/

Conheça os ácidos que podem ser usados na pele durante o verão

https://www.lojaadcos.com.br/belezacomsaude/conheca-acidos-podem-usados-pele-verao/

 

Anelise Taleb
Farmacêutica e Bioquímica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *